Widget Image
21/09/2021

Ciudadanos proporá pactos com Vox, PP e PSC contra o governo catalão

Ciudadanos proporá pactos com Vox, PP e PSC contra o governo catalão

Em entrevista à ACN (Agência Catalã de Notícias), o líder do partido Ciudadanos no Parlamento da Catalunha, Carlos Carrizosa, afirmou que proporá pactos com Vox, PP e PSC contra o governo catalão, previsivelmente liderado pelos partidos independentistas. Carrizosa também se mostrou em desacordo com o pacto antifascista contra Vox feito entre os três grandes partidos independentistas e a plataforma En Comú Podem. Basicamente, esse pacto é uma série de propostas de resolução para combater a extrema-direita no Parlamento

Vale a pena ler: Noite histórica para o movimento pela independência da Catalunha

Carrizosa compara os partidos independentistas com Vox

O líder de Ciudadanos na Câmara catalã argumentou que o pacto antifascista contra Vox é um “gesto de menosprezo” e “próprio do nacionalismo excludente”. Disse, também, que “respeita os eleitores que votaram no partido Vox”, e que “merecem tanto respeito quanto os que votaram nos independentistas Junts per Catalunya, ERC ou CUP”. Entretanto, Carrizosa afirmou que “se oporia politicamente aos discursos de Vox que contenham homofobia e neguem a existência de maus tratos machistas”. Garantiu que, como consequência, “irá aos tribunais” caso haja atuações claramente delitivas ou discriminatórias: “no momento que os partidos quebrarem a legalidade, vamos aos tribunais”, prometeu Carrizosa, em uma ameaça também dirigida aos partidos independentistas do governo catalão. Finalmente, defendeu que “posições políticas devem ser combatidas politicamente”.

Vale a pena ler: Carlos Carrizosa pede voto para um governo “puramente constitucionalista” na Catalunha

Laura Borràs, uma “vocação transgressora”

Carlos Carrizosa também revelou à ACN o que espera do novo Parlamento catalão, com Laura Borràs como nova presidenta: “por sua vocação transgressora, vai trazer mais problemas para o Parlamento”. Em relação às negociações entre ERC e Junts per Catalunya para a formação do novo governo, Carrizosa disse “estar certo” de que “as conversas estão se alongando “artificialmente” por uma estratégia de tensão entre os partidos”, que teriam por objetivo “ver qual conseguiria mais poder”.

O político unionista “previu” que a nova legislatura representará “um novo ciclo de inestabilidade”, e que, “provavelmente, haverá um novo golpe contra a democracia”. Carrizosa também acusou os partidos independentistas de “espantar as empresas e meia Catalunha com seus postulados”.

Colabore com o Aqui Catalunha
Com a sua doação, na quantia que desejar, teremos condições de melhorar o nosso serviço informativo e, portanto, de te proporcionar uma experiência única em nosso portal de notícias sobre a atualidade catalã.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Cadastre-se para receber as novidades do Aqui Catalunha

Produtos da CatalunhaLivros e outros acessórios digitais

O Aqui Catalunha, em produção com Catalunha Letras, tem uma linha de produtos própria e digital. Confira!