Governo catalão reduz em 40% o preço dos mestrados

Por meio de Gemma Geis, o governo catalão anunciou a redução em 40% do preço dos mestrados. Em entrevista à Catalunya Ràdio, nessa quarta-feira, a conselheira de Pesquisa e Universidades do governo da Catalunha disse que esse “grande impacto” no preço das matrículas significava, também, o “primeiro passo na equiparação entre cursos de graduação e mestrado”.

Vale a pena ler: Começam as Provas de Acesso à Universidade na Catalunha

Pela “igualdade de oportunidades” para os estudantes

De acordo com Gemma Geis, a redução no preço das matrículas significará um custo de 9,3 milhões de euros, que serão assumidos de maneira integral pelo governo da Catalunha. Para a conselheira, essa redução ganha maior importância em “tempos como este que a Catalunha vive”, e defende que “ninguém fique para trás”, que haja “igualdade de oportunidades”.

A redução no preço dos mestrados, porém, não será em todas as universidades catalãs. Conforme indica o portal El Punt Avui, apenas os mestrados oficiais da UB, UAB, UPC, UPF, UdL, UdG e URV terão seus preços descontados no próximo semestre letivo. Para o reitor da Universidade Autônoma de Barcelona, Javier Lafuente, a redução no preço das matrículas “é um passo dado em uma boa direção”, pois oferece maior acessibilidade aos estudos universitários, e atendem à demanda dos estudantes.

Em relação aos custos assumidos pelo governo da Catalunha, o reitor explicou que a pandemia foi responsável pela diminuição no número de matrículas nos mestrados, já que há uma “grande presença de alunos estrangeiros” nesses cursos. Assim, o governo catalão compensará as universidades com uma transferência adicional anual.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Cadastre-se para receber as novidades do Aqui Catalunha