Grupo de torcedores do FC Barcelona ataca carro de Ronald Koeman

Desempenho do FC Barcelona nesta temporada é o pior dos últimos anos

Após a derrota para o Real Madrid, neste domingo, um grupo de torcedores do FC Barcelona tentou interromper a saída de Ronald Koeman do Camp Nou, e atacou seu carro com pontapés e socos. A ação desse grupo de torcedores foi severamente criticada nas redes sociais, bem como o sistema de segurança do local.

Desde a temporada 1935-1936, Koeman é o primeiro treinador na história do Barça a perder três jogos seguidos contra o Real Madrid. O treinador naquela época era o irlandês Patrick O’Connel, conhecido por ter salvado o clube do desaparecimento. A instituição passava por uma enorme crise econômica.

Vale a pena ler: FC Barcelona 1 – 2 Real Madrid: o pesadelo catalão continua

A derrota para a equipe da capital espanhola piora o desempenho do time catalão nesta temporada. Atualmente, a equipe azul-grená ocupa a 9ª posição no torneio nacional, e sua classificação para as oitavas-de-finais da Liga dos Campeões da Europa está em perigo.

Além das dificuldades enfrentadas em campo, o clube passa por uma situação financeira bastante difícil. De acordo com o presidente Joan Laporta, as atuais condições econômicas do FC Barcelona são “as piores” de toda a sua história. Precisamente, o clube tem uma dívida superior a 1,3 bilhões de euros, e um patrimônio líquido negativo de 451 milhões de euros.

Vale a pena ler: Saída de Lionel Messi do FC Barcelona marca fim de uma era

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Cadastre-se para receber as novidades do Aqui Catalunha