Widget Image
01/08/2021

Em sessão no Congresso espanhol, deputada brasileira descreve extrema-direita: “Fascista!”

Em sessão no Congresso espanhol, deputada brasileira descreve extrema-direita: "Fascista!"

A semana nos cenários políticos na Catalunha e na Espanha foi bastante movimentada, e reservou alguns capítulos que serão lembrados por muito tempo. Um deles teve como cenário uma sessão no Congresso espanhol, em que a deputada brasileira Maria Dantas usou a palavra “Fascista” para descrever, de maneira sonora e clara, a extrema-direita espanhola, representada pelo partido Vox. Maria Dantas é deputada do partido Esquerra Republicana de Catalunya (ERC).

Vale a pena ler: Ex-presidente espanhol ameaça bispos e empresários por apoio aos indultos a líderes independentistas catalães

Indignação do partido Vox contra o protesto de Maria Dantas

O partido Vox reagiu de maneira imediata contra o protesto de Maria Dantas. Mais especificamente, a deputada brasileira havia se dirigido à deputada do partido espanhol, Macarena Olona. Segundo informações fornecidas por membros de ERC, a deputada da extrema-direita havia feito comentários pejorativos contra o discurso de Maria Dantas. No Twitter, o partido Vox publicou o seguinte: “Já avisamos que os que haviam se conjurado contra a Constituição não deveriam ser deputados, e alguns, como esta energúmena, por se conjurar contra a Nação, deveriam perder a nacionalidade”.

 

Previamente, a deputada do partido catalão disse, em referência ao partido espanhol: “Eles querem nos ver nas valas, afogadas no mar. Querem nos ver nos Centros de Reclusão de Estrangeiros. Querem nos ver dentro do armário, deportadas, obedientes, recatadas, caladas”.

Conforme mostram as câmeras, Maria Dantas, no caminho para o seu assento, protesta contra a deputada do partido Vox. Apesar dos pedidos da presidenta do Congresso, Meritxell Batet, para que Maria Dantas ficasse em silêncio, já que seu tempo de intervenção havia acabado, a deputada brasileira não titubeou e, de maneira clara e direta, exclamou para a  deputada espanhola: “Fascista!“.

Vale a pena ler: Por que Jair Bolsonaro prestou condolências a Israel, mas não condenou os ataques contra civis palestinos?

Outros posicionamentos de Macarena Olona

No dia 17 de fevereiro de 2021, Macarena Olona havia defendido a ação dos policiais contra os manifestantes durante os protestos contra a prisão do artista catalão Pablo Hasél. O cantor foi condenado ao encarceramento por ter composto canções que, de acordo com a Audiência Nacional espanhola, “faziam um apelo ao terrorismo” e continham “injúrias” contra a monarquia espanhola. No Twitter, Macarena Olona usou a imagem de um policial em ação violenta, e escreveu: “Minha oração: voltem esta noite para as suas casas sem nenhuma ferida”.

Macarena Olona

 

 

Colabore com o Aqui Catalunha
Com a sua doação, na quantia que desejar, teremos condições de melhorar o nosso serviço informativo e, portanto, de te proporcionar uma experiência única em nosso portal de notícias sobre a atualidade catalã.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Cadastre-se para receber as novidades do Aqui Catalunha

Produtos da CatalunhaLivros, jogos, roupas e acessórios

Suas compras permitirão que o Aqui Catalunha receba pequenas comissões, fundamentais para o nosso crescimento.