Catalunha registra queda na taxa de desemprego pelo oitavo mês consecutivo

Pela primeira vez desde 2007, a taxa de desemprego na Catalunha teve queda no mês de outubro.

De acordo com o presidente da Catalunha, Pere Aragonès, os dados do desemprego correspondentes a outubro “consolidam a recuperação da economia catalã” neste ano. O representante político da Esquerra Republicana de Catalunya se baseia nos números positivos divulgados nessa quarta-feira: pela primeira vez desde 2007, a taxa de desemprego na Catalunha teve queda no mês de outubro.

Vale a pena ler: Produção industrial da Catalunha cresce 14,9% no primeiro semestre de 2021

“A recuperação da economia da Catalunha é um feito”

Sem dúvida, o avanço no processo de vacinação na Catalunha tem favorecido a recuperação da economia. Segundo o secretário do Departamento de Trabalho do governo catalão, Enric Vinaixa, essa recuperação “é um feito”. De fato, as taxas de desemprego na Catalunha caíram pelo oitavo mês consecutivo.

No mês de outubro, 510 cidadãos deixaram a situação de desemprego. Atualmente, conforme dados divulgados pelo Ministério de Trabalho e Economia Social do governo espanhol, há 377.960 desempregados na Catalunha, um número 22% menor do que o registrado em outubro de 2020.

Em relação ao ano de 2019, o número atual de desempregados na Catalunha é menor: no mesmo período daquele ano, havia 387.267 catalães desempregados.

Vale a pena ler: Catalunha terá quase 8 milhões de habitantes em 2025

O otimismo quanto à continuidade do bom momento do mercado de trabalho catalão é evidente. Enric Vinaixa disse que “nada faz pensar que a inércia positiva possa mudar nas próximas semanas”. Para o secretário do Departamento de Trabalho do governo da Catalunha, a recuperação acontece “na maioria dos setores”. Ele afirmou, também, que os efeitos da COVID-19 “estão se dissipando”.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Cadastre-se para receber as novidades do Aqui Catalunha