Widget Image
20/09/2021

Como foram os cinco primeiros jogos de Guardiola e Torrent?

Como foram os cinco primeiros jogos de Guardiola e Torrent?

Em agosto de 2008, Josep Guardiola estreou como treinador do time principal do FC Barcelona, após sua exitosa passagem pelo banco do Barcelona B. A missão do treinador catalão era muito difícil: devolver a alegria à torcida azul-grená após duas temporadas de ocaso. Frank Rijkaard deixava o comando técnico com dois títulos da Liga Espanhola e uma Liga dos Campeões (2006), mas o ciclo vitorioso terminou rapidamente.

No começo de agosto de 2020, Domènec Torrent assumiu as rédeas do Flamengo, vigente campeão brasileiro e sul-americano. Sua missão tampouco é fácil, já que deverá convencer a exigente torcida rubro-negra de que poderá manter a história de vitória e títulos escrita pelo treinador anterior, o português Jorge Jesus. Até o momento, Torrent disputou cinco partidas, um número insuficiente para definir a capacidade técnica do catalão.

Nas redes sociais, a torcida do atual vice-campeão mundial mostra seu inconformismo em relação aos resultados obtidos pelo time até agora. Além disso, mostra que está inconformada com a postura de Domènec Torrent durante as partidas: “passivo e realiza mal as substituições”, afirmam os torcedores. Mas… será que a era de ouro do Barça (2008 – 2012) começou com resultados brilhantes, tal como exigem os torcedores rubro-negros a Domènec Torrent? Pensando nisso, o Aqui Catalunha faz uma comparação entre os cinco primeiros jogos de Guardiola como treinador do Barcelona e os cinco primeiros jogos de Torrent como treinador do Flamengo.

Entrevista: Sergi Blasi: “A transferência do Torrent para o Flamengo é muito boa para a saúde cultural do nosso pequeno país”

Os cinco primeiros jogos de Guardiola no comando do Barça

Na primeira temporada de Guardiola como treinador do time principal do Barça (2008 – 2009), os cinco primeiros jogos oficiais disputados pelo time foram contra Wisla Cracovia (fase preliminar da Liga dos Campeões, dois jogos), Numancia (estreia na Liga Espanhola), Sant Andreu (Copa da Catalunha) e Racing Santander (Liga Espanhola).

A primeira partida, disputada no Camp Nou, terminou com vitória catalã, 4 a 0. O resultado praticamente garantia a classificação do Barça para a fase de grupos da competição europeia, confirmada no jogo disputado na Polônia, finalizado com derrota por 1 a 0 para o Wisla Cracovia. Entretanto, o primeiro grande desafio estava marcado para a estreia na Liga Espanhola. De maneira surpreendente, o Numancia derrotou o Barcelona por 1 a 0.

As incertezas sobre o projeto de Pep Guardiola continuaram na partida seguinte, contra o Sant Andreu, que venceu o confronto contra o time azul-grená por 3 a 1. Alguns torcedores poderão argumentar que o Barça, nesse jogo, não foi dirigido por Guardiola, mas sim por Luis Enrique, e que a equipe que entrou em campo estava composta por atletas do time reserva e do juvenil. De todos os modos, uma derrota é uma derrota.

Contra o Racing Santander, pela segunda rodada da Liga Espanhola, o Barça não passou de um empate em 1 a 1. Aquela partida, disputada no Camp Nou, antecedeu uma magnífica fase de resultados positivos para o time catalão, incluindo o 6 a 1 contra o Atlético de Madrid (aos 18 minutos do primeiro tempo, o placar era de 4 a 1). A temporada terminou com a conquista da tríplice coroa, e o reconhecimento a um futebol brilhante, insuperável e irresistível.

Ouçam o primeiro podcast do Aqui Catalunha

Os cinco primeiros jogos de Torrent no comando do Flamengo

A expectativa em relação a Domènec Torrent era máxima. Conhecido como “o ex-auxiliar de Guardiola”, Torrent chegou ao Rio de Janeiro com uma ideia bem clara: implementar o DNA futebolístico de Cruyff na equipe carioca. Entretanto, muitos torcedores pensavam: “Haverá vida sem Jesus?”.

O primeiro jogo de Torrent como treinador do Flamengo começou da pior maneira possível: uma derrota no Maracanã, contra o Atlético Mineiro, time dirigido por Jorge Sampaoli. Era apenas a estreia, e a maior parte dos torcedores e comentaristas dava por certo um resultado positivo contra o Atlético Goianiense, time que acabava de subir para a 1ª divisão nacional. Um grande engano.

O time goiano goleou o Flamengo por 3 a 0. Segunda derrota consecutiva para Domènec Torrent, que via sua equipe despencar para a última posição na competição, e dezenas de milhares de críticas ao seu trabalho. Sua próxima oportunidade de vencer viria no terceiro jogo, fora de casa, contra o Coritiba. O resultado não foi espetacular (1 a 0 para os cariocas), mas serviu para reduzir a tensão sentida pelos rubro-negros.

No quarto jogo, no Maracanã, o Flamengo disputou seu segundo grande duelo na competição. O Grêmio, dirigido por Renato Guadalupe, viajou ao Rio de Janeiro disposto a buscar um resultado muito melhor que o conquistado na última vez que os times se enfrentaram (um impiedoso 5 a 0 para o time carioca). Certamente, o empate em 1 a 1 não foi o resultado esperado por nenhum dos treinadores. E, outra vez, Torrent voltava a ser o alvo da fúria dos torcedores rubro-negros.

O quinto jogo do treinador catalão no comando do Flamengo terminou com outro empate em 1 a 1, também no Maracanã, diante do Botafogo. Até o momento, Domènec Torrent conquistou 1 vitória, 2 empates e 2 derrotas.

Como pudemos ver, a sequência dos cinco primeiros jogos de Guardiola e Torrent não terminou como os torcedores esperavam. Logicamente, não é possível dizer, neste momento, que a equipe dirigida por Torrent terá o sucesso do Barça de Guardiola, ou do Flamengo de Jesus. As razões são as seguintes:

  • apenas cinco jogos foram disputados;
  • grandes projetos não são criados e estabilizados da noite para o dia;
  • Torrent tem a sua própria concepção de jogo, e precisa de tempo para fazer com que seus atletas a entendam e ponham em prática;
  • o sucesso do Barça de Guardiola foi algo único, um resultado de um conjunto de fatores de extrema raridade.

Com paciência e respeito ao tempo, Domènec Torrent mostrará o porquê de ter sido escolhido para comandar o Flamengo. Acima de tudo, e sempre, o respeito ao seu trabalho.

Traduções para o catalão, o inglês e o espanhol

Esta notícia foi traduzida, de forma automática, para as línguas catalã, inglesa e espanhola. Aos poucos, a nova equipe de edição e revisão do portal Aqui Catalunha se encarrega de editar e aperfeiçoar as traduções.

Colabore com o Aqui Catalunha
Com a sua doação, na quantia que desejar, teremos condições de melhorar o nosso serviço informativo e, portanto, de te proporcionar uma experiência única em nosso portal de notícias sobre a atualidade catalã.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Cadastre-se para receber as novidades do Aqui Catalunha

Compartilhar

Produtos da CatalunhaLivros e outros acessórios digitais

O Aqui Catalunha, em produção com Catalunha Letras, tem uma linha de produtos própria e digital. Confira!