Widget Image
19/09/2021

Nota da ANC sobre eleições e aumento do apoio à independência da Catalunha

Nota da ANC sobre eleições e aumento do apoio à independência da Catalunha

As eleições parlamentares catalãs de 14 de Fevereiro mostraram que o apoio ao movimento pró-independência catalão é mais elevado do que nunca, tanto em termos de maioria parlamentar (74 / 135) como em termos de percentagem de votos (51,3%).

O movimento pró-independência da Catalunha fê-lo novamente. Após mais de uma década de processo político para se tornar um Estado independente, as eleições deste domingo mostraram um novo marco: mais de 50% da população catalã votou em partidos pró-independência. Esquerra Republicana de Catalunya (ERC), com 33 lugares, seguida pelos 32 lugares de Junts per Catalunya (Junts), da Candidatura d’Unitat Popular (CUP) com 9 lugares, e de outras forças menores que não conseguiram entrar no Parlamento, acumularam 52% dos votos. Nesta linha, as forças pró-independência obtiveram uma maioria absoluta de 74 deputados de um total de 135.

À medida que os resultados foram publicados, a Presidente da Assembleia Nacional Catalã (ANC), Elisenda Paluzie, declarou: “O apoio à autodeterminação é sólido como uma rocha. Ultrapassámos os 50%, um marco que a ANC estabeleceu no seu roteiro há dois anos. Felicitamos a Esquerra Republicana, Junts per Catalunya e a CUP pelo resultado das eleições. Temos legitimidade, e estaremos ao vosso lado para trabalhar no sentido da independência”.

O Partido Socialista Catalão (PSC) ⎼um ramo do principal partido espanhol PSOE⎼, liderado pelo ex-Ministro da Saúde do Governo espanhol, Salvador Illa, elegeu o mesmo número de deputados que a ERC (33), o que significa que será o principal representante das forças nacionalistas espanholas no Parlamento da Catalunha. O partido de extrema-direita espanhol VOX entrou pela primeira vez no Parlamento, drenando os votos de outros partidos nacionalistas espanhóis como o Partido Popular (PP) ou Ciudadanos (C’s).

Estas eleições demonstraram novamente que, apesar da intervenção das autoridades espanholas nos processos democráticos da Catalunha ⎼tal como a imposição de uma eleição apesar da vontade do Parlamento da Catalunha⎼ o povo catalão não está disposto a desistir dos seus objectivos democráticos e das suas aspirações de liberdade nacional. O aumento do apoio, histórico, às forças pró-independência da Catalunha reflecte o legado do referendo de 1 de Outubro de 2017 e reforça a legitimidade do seu mandato. Será o dever do futuro Governo da Generalitat da Catalunya cumprir a reivindicação do povo e tornar a independência uma realidade.

* Nota gentilmente enviada pela ANC Portugal ao Aqui Catalunha

Vale a pena ler: Noite histórica para o movimento pela independência da Catalunha

Colabore com o Aqui Catalunha
Com a sua doação, na quantia que desejar, teremos condições de melhorar o nosso serviço informativo e, portanto, de te proporcionar uma experiência única em nosso portal de notícias sobre a atualidade catalã.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Cadastre-se para receber as novidades do Aqui Catalunha

Produtos da CatalunhaLivros e outros acessórios digitais

O Aqui Catalunha, em produção com Catalunha Letras, tem uma linha de produtos própria e digital. Confira!