FC Barcelona 3 – 0 Liverpool: a um passo da final

As semi-finais da Champions League começaram nessa terça-feira, com vitória do Ajax por 1 a 0 contra o Tottenham, na Inglaterra. Entretanto, a partida principal foi disputada no dia seguinte, no Camp Nou. O placar marcou FC Barcelona 3 – 0 Liverpool, mas os ‘reds’ são bastante experientes neste tipo de torneio, e não facilitarão a vida dos catalães no jogo da volta. Depois de passar pelos ingleses do Manchester United, o time azul-grená queria colorir a Europa, conforme dizia o gigante mosaico mostrado pelos torcedores. Começou com três pinceladas e nenhuma mancha.

Hiperatividade nos dois lados

Como não poderia ser diferente, o atual bicampeão da Liga espanhola e o atual concorrente ao título da Premier League começaram a partida de forma intensa. O time catalão entrou em campo com uma surpresa: Vidal no lugar de Arthur. Mais verticalidade e menos pausa, e assim foi o jogo desde o começo. Depois de uma grande chance que Coutinho teve aos 16 minutos e de muita insistência, o Barça abriu o placar com Luis Suárez, aos 26. O atacante uruguaio, que já vestiu a camisa do Liverpool, definiu de primeira o cruzamento de Jordi Alba.

O gol azul-grená deu ainda mais asas ao time, especialmente a Messi, que seguia oferecendo perigo com majestosas jogadas pelo lado direito. Antes do fim do primeiro tempo, os ingleses tiveram uma perigosíssima chance de empate com Mané.

Messi maravilha e chega aos 600 gols com o Barça

Os jogadores de Jürgen Klopp começaram o segundo tempo ainda mais intensos, e ameaçaram a vitória parcial do Barça com Milner e Salah. O goleiro Ter Stegen, porém, mostrou, mais uma vez, sua condição de melhor goleiro para o time, e um dos melhores no mundo. As esperanças do Liverpool, porém, foram abaladas aos 75 minutos, quando Messi ampliou a diferença no marcador, ao aproveitar a bola que Suárez mandou ao travessão. O melhor, contudo, chegaria aos 83 minutos: Messi bateu magistralmente uma falta, e definiu a goleada catalã. Apesar do esforço do goleiro brasileiro Alisson, a cobrança do argentino foi ainda mais notável. Com os dois gols, Messi alcançou a marca de 600 gols com a camisa do Barça.

Nesta temporada, essa foi a última vez que o Barcelona jogou no Camp Nou na Liga dos Campeões da Europa. Já são seis anos seguidos sem derrotas no estádio. Um estádio que foi qualificado pelo treinador do Liverpool, antes do duelo, como “grande”, e que “não era um templo do futebol”.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Aqui Catalunha conta com você. Onde quer compartilhar a notícia?