Widget Image
19/09/2021

O bom exemplo de Andorra: país anuncia estar livre do coronavírus

O bom exemplo de Andorra: país anuncia estar livre do coronavírus

Pela primeira vez desde a criação do Aqui Catalunha, em fevereiro de 2018, publicaremos uma notícia sobre Andorra. Há duas razões. A primeira delas é que a língua oficial de Andorra é o catalão (na Catalunha, por razões históricas, o catalão é, apenas, uma das oficiais, já que também o são o espanhol e o occitano).

A segunda razão é que esse minúsculo país serve de exemplo para todos os demais: nessa quinta-feira, Andorra anunciou estar livre do coronavírus. Enquanto a segunda onda do COVID-19 invade pequenas e grandes potências globais, Andorra mostra um caminho que deve ser observado com muita atenção.

Compilamos algumas informações, que datam dos últimos quatro meses, a fim de que nossos leitores saibam como o minúsculo país, situado entre Catalunha e França, lidou com a pandemia.

Leitura sugerida: Cataversum, novo canal de ensino de catalão para brasileiros

As fases do combate ao coronavírus em Andorra

29 de março de 2020: “Antes de tudo, precisamos salvar a pele”

Essa foi a declaração do Ministro de Saúde de Andorra, Joan Martínez Benazet, em entrevista concedida ao portal de notícias catalão Vilaweb. O Ministro disse que o impacto inicial “foi muito forte”, mas que a reação foi “contundente”:

No dia 13 de março, suspendemos todos os eventos, apresentações, e até mesmo a celebração do Dia da Constituição. Fechamos escolas e comércios. Depois, mais atividades industriais, e o governo alertou a população sobre a necessidade do confinamento, que a população seguiu muito bem“.

Perguntado sobre a decisão entre vida e economia, Benazet foi claro: “Não pode existir dúvida entre escolher vida e escolher economia. Antes de tudo, precisamos salvar a pele. A primeira coisa que precisa ser feita é controlar a pandemia. Isso foi algo que o chefe de Estado viu rapidamente, e permitiu que nossos especialistas aconselhassem sobre as medidas que deviam ser tomadas, e todo o governo se uniu em torno desse objetivo“.

Notícia relacionada: O exemplo da Catalunha para o Brasil de Jair Bolsonaro

13 de abril de 2020: sem falecimentos durante dois dias consecutivos

Entre os dias 12 e 13 de abril, Andorra não registrou nenhuma morte como consequência do COVID-19. Até a data da divulgação dos dados, 646 cidadãos haviam sido infectados. Algumas das medidas que afetavam o mercado de trabalho foram a suspensão temporária dos contratos e uma redução da carga horária.

28 de abril de 2020: início do processo de triagem de toda a população para saber o grau de imunidade

No dia 28 de abril, o governo de Andorra deu início a um processo de teste de anticorpos. Àquele momento, 743 pessoas haviam sido infectadas pelo coronavírus.

Segundo dados do governo, 53 mil cidadãos do país haviam solicitado o teste (atualmente, Andorra possui cerca de 78 mil habitantes). O objetivo era que todos os cidadãos tivessem acesso ao teste, que foi feito duas vezes (a segunda triagem foi realizada quatro dias após o término da primeira fase, que durou dez dias).

31 de maio de 2020: Andorra começa um desconfinamento em todo o território

O último dia de maio representou a retomada das atividades econômicas, turísticas e de outros tipos em Andorra. A fronteira com a França foi reaberta, e o Estado francês permitiu que turistas procedentes de Andorra entrassem na região da Catalunya Nord (lembramos aos leitores do Aqui Catalunha que Catalunya Nord, por razões históricas – Tratado dos Pirineus – é um território ligado à França sob o ponto de vista administrativo; culturalmente e linguisticamente, está ligado à Catalunha).

O controle da epidemia era um fato inegável: dos 764 casos detectados desde o início dela, apenas 21 estavam acometidos na data de 31 de maio, e 694 pessoas haviam se recuperado.

O processo de triagem dupla havia finalizado com estes números: foram realizados 137.987 testes, e 8,5% dos habitantes apresentavam imunidade. Em relação aos agentes de saúde, 11,1% estavam imunes.

2 de junho de 2020: mais de 2200 alunos voltam a ter aulas presenciais

Após dois meses e meio sem aulas, 2.211 alunos voltaram a ter aulas nas escolas. O retorno, entretanto, não foi obrigatório. De acordo com a Ministra de Educação, Ester Vilarrubla, os pais poderiam decidir se os filhos finalizariam o período letivo nas escolas, ou se acabariam em casa, por meio de atividades online.

26 de junho de 2020: Andorra não tem mais nenhum paciente hospitalizado

Nessa data, o governo anunciou que havia, apenas, quatro casos ativos. Entretanto, nenhuma dessas pessoas estava hospitalizada.

9 de julho de 2020: Andorra, país livre do coronavírus

A disciplina da população e as boas ações do governo fizeram de Andorra, nesse 9 de julho, um país livre do coronavírus. O último novo caso de contaminação foi registrado no dia 18 de junho, e o último habitante ainda infectado se recuperou nesta semana.

Ao todo, Andorra registrou 855 casos de pessoas infectadas, e 52 falecimentos em decorrência do COVID-19.

Traduções para o catalão, o inglês e o espanhol

Esta notícia foi traduzida, de forma automática, para as línguas catalã, inglesa e espanhola. Aos poucos, a nova equipe de edição e revisão do portal Aqui Catalunha se encarrega de editar e aperfeiçoar as traduções.

Apoie o Aqui Catalunha

 

Colabore com o Aqui Catalunha
Com a sua doação, na quantia que desejar, teremos condições de melhorar o nosso serviço informativo e, portanto, de te proporcionar uma experiência única em nosso portal de notícias sobre a atualidade catalã.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Cadastre-se para receber as novidades do Aqui Catalunha

Compartilhar

Produtos da CatalunhaLivros e outros acessórios digitais

O Aqui Catalunha, em produção com Catalunha Letras, tem uma linha de produtos própria e digital. Confira!