Encontro e diálogo inter-religiosos no Parlamento da Catalunha

Na tarde desta terça-feira, foi realizado, no Parlamento da Catalunha, um encontro correspondente à Semana Mundial da Harmonia Inter-religiosa, organizada pelo GTER (Grupo de Trabalho Estável de Religiões). O lema do evento foi “Verdade, justiça e religião”. A sessão de conferências foi inaugurada pelo presidente do Parlamento, Roger Torrent, o presidente do GTER, o arcipreste Joan Garcia, e a vice-diretora geral do departamento de Relações Religiosas da Generalitat de Catalunya, Isabel Escandell.

No discurso deles, expressaram seu rechaço ao atentado ocorrido na Nova Zelândia em 17 de março, “traço de uma doença presente na sociedade”, segundo o arcipreste, que também reivindicou o papel das religiões como “elemento de coesão e crescimento sociais”. Roger Torrent, por sua vez, destacou a “importância da convivência, do diálogo e da empatia”, fundamentais no “combate ao discurso do ódio”. Em relação à liberdade religiosa, Isabel Escandell enfatizou que “não pode haver nenhuma justificação religiosa para a barbárie”, e destacou a pluralidade de credos na Catalunha.

Sobre o GTER

O Grupo de Trabalho Estável de Religiões é formado por representantes das igrejas católica e ortodoxa, das comunidades evangélica, muçulmana e judaica, e por membros de outras religiões com presença na Catalunha. Entre os objetivos da entidade, estão o fomento do diálogo e cooperação entre religiões, e o combate aos preconceitos e estereótipos religiosos. Sobre a Semana Mundial da Harmonia Inter-religiosa, é importante destacar que foi instituída pela ONU, em 2010, com o objetivo de promover o diálogo e a compreensão entre religiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *