Reabertura de seis delegações da Catalunha no exterior

Ernest Maragall, ministro de Relações Exteriores da Catalunha, anunciou a reabertura de seis delegações da Catalunha no exterior. Em outubro de 2017, o governo espanhol, por meio da aplicação do Art. 155, havia fechado todas as representações oficiais catalãs no exterior, exceto a de Bruxelas. As seis delegações reabertas estão, respectivamente, na Suíça, Alemanha, Reino Unido, Itália, França e Estados Unidos. Nas próximas semanas, está prevista a reabertura em Portugal, nos países escandinavos e nos Bálcãs (sudesde da Europa). Até o fim do ano, o norte da África e Ásia terão representações catalãs. Maragall prevê que a Catalunha terá um número maior de delegações do que o que tinha antes da ação repressiva do Estado espanhol.

O papel das delegações catalãs

Os objetivos das delegações, segundo Ernest Maragall, serão a “representação, a presença e a influência”, elementos essenciais na retomada da democracia e liberdade na Catalunha e, consequentemente, no caminho rumo à formação da República Catalã. Além disso, Maragall destacou que as delegações catalãs no exterior contribuirão nos debates sobre a crise dos refugiados, o futuro da zona do Euro, e sobre a sustentabilidade.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Aqui Catalunha conta com você. Onde quer compartilhar a notícia?