Protestos diante de delegação espanhola na Catalunha

Nessa terça-feira, os partidos independentistas JxCat, ERC e CUP, além das entidades civis ANC e Òmnium Cultural, convocaram uma manifestação para o dia 3 de maio. Os protestos acontecerão diante da delegação espanhola na Catalunha, e têm como motivo a decisão da Junta Eleitoral da Espanha de proibir a participação de Puigdemont e mais dois integrantes de sua chapa nas eleições europeias de 26 de maio.

Notícia relacionada: Junta Eleitoral espanhola exclui Puigdemont das eleições

Mais detalhes sobre a manifestação diante da delegação espanhola na Catalunha

A decisão da Junta Eleitoral espanhola de vetar a participação de Puigdemont nas eleições para o Parlamento Europeu gerou muitas críticas, e não foi unânime. Entre os membros da Junta que votaram contra a proibição, estão o próprio presidente da entidade e o seu vice. Membros do mundo político catalão qualificaram a atitude do órgão eleitoral espanhol como “antidemocrática e vergonhosa”.

Neste próximo dia 3 de maio, às 19h, as entidades civis e políticas independentistas denunciarão, diante da delegação espanhola na Catalunha, esse que foi mais uma “vulneração aos direitos civis e políticos”, conforme foi divulgada pelas cinco entidades no Twitter. Além de Carles Puigdemont, considerado legítimo presidente da Generalitat de Catalunya, autoritariamente deposto pela aplicação do Artigo 155 da Constituição espanhola, os ex-secretários do governo catalão, Toni Comín e Clara Ponsatí também tiveram suas participações nas eleições europeias vetadas.

Horas após a divulgação da decisão da Junta Eleitoral espanhola, foi criada uma campanha no site Change.org com o objetivo recolher assinaturas contra o veto. Espera-se que o Tribunal Supremo anule a resolução da Junta Eleitoral. Até o momento, mais de 50 mil pessoas participaram da campanha. De acordo com o manifesto, caso nada seja mudado até o dia das eleições, “a Espanha ficará marcada na história como uma democracia falida, à margem dos princípios e valores marcados pela União Europeia”.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Aqui Catalunha conta com você. Onde quer compartilhar a notícia?