Fatos e mentiras sobre a independência da Catalunha

Muitos fatos e mentiras sobre a independência da Catalunha foram e continuam a ser ditas. O chamado “procés independentista” teve seu auge informativo, no Brasil, nos dias 1º de outubro de 2017 (data do referendo), e 10 do mesmo mês, quando Carles Puigdemont, então presidente catalão, fez o discurso de declaração da independência, e a suspendeu imediatamente. Para entendermos melhor as fases anteriores e posteriores à convocação do referendo, feita por Puigdemont em junho de 2017, o Aqui Catalunha propõe uma análise responsável e justa. Para que isso seja feito com êxito, as próximas matérias sobre o tema cederão espaço aos fatos e discursos independentistas e não independentistas. A partir dessas publicações, os leitores terão suas próprias conclusões, e estarão muito bem informados por meio de uma mídia permanentemente em contato com o mundo jornalístico e social catalão.

Qual será a base da análise dos fatos e mentiras sobre a independência da Catalunha?

A base de dados e pesquisa do Aqui Catalunha permitirá apresentar vídeos, notícias publicadas neste site, traduções e recortes jornalísticos (do Brasil, da Catalunha e da Espanha), que darão o suporte necessário às matérias. No território brasileiro, o independentismo catalão é noticiado de acordo com o ponto de vista de agências interessadas na manutenção da unidade espanhola. É preciso, porém, que os leitores conheçam o outro lado. Fato por fato, detalhe por detalhe, discurso por discurso, polêmica por polêmica.

As publicações também explicarão exemplos de regiões que se constituíram como Estados independentes. Cada uma delas conseguiu a independência por uma via particular. A Catalunha, por sua vez, se debate entre um referendo pactado com a Espanha e a unilateralidade. O fim do julgamento aos presos políticos catalães, com provável sentença condenatória, tem chances de ser um grande impulso para o independentismo. Além disso, as eleições municipais e europeias, no mês de maio, também interferirão na balança.

Como será a abordagem?

Os fatos e mentiras da independência da Catalunha serão abordadas com respostas a perguntas (propostas no título da matéria), e com explicações sobre afirmações feitas nos meios jornalísticos brasileiros, catalães e espanhóis. Cada resposta e explicação será dada com o apoio da base de dados e pesquisa deste portal de notícias. Os comentários dos leitores poderão ser feitos no próprio site, ou nas publicações divulgadas na página do Aqui Catalunha no Facebook.

Espera-se, ao fim da sessão de publicações, que os leitores conheçam e tenham melhores argumentos sobre o tema. Em outras palavras, o Aqui Catalunha quer que o público de língua portuguesa compreenda o processo independentista catalão com a menor quantidade possível de filtros. Informar bem é educar e relativizar, e serão esses os objetivos da matérias sobre os fatos e mentiras sobre a independência da Catalunha.

Caso tenha alguma sugestão ou pergunta sobre o tema, envie uma mensagem para redator@aquicatalunha.com.br, ou entre em contato por uma das três principais redes sociais do Aqui Catalunha: Facebook, Twitter e Instagram. E para garantir o recebimento de todas as matérias, inscreva-se no grupo público do portal no Telegram: t.me/aquicatalunha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *